Mitos e verdades sobre leilão de sucatas

Um fato é que o que pode ser lixo para muitos acaba se tornando ouro na mão de outros. Você já imaginou que a sucata que pode estar acumulada na sua empresa pode render um bom resultado financeiro, através de um leilão?

Claro que existem muitos mitos e verdades sobre o leilão de sucatas. Pensando nisso, preparamos este artigo para ajudar você a realizar os melhores negócios.

Boa leitura!

O que é uma sucata?

Sucata é uma denominação dada a qualquer tipo de material, produto ou resíduo que não pode exercer sua função nas condições de estado atual, mas que pode ser reciclado e utilizado como insumo na industrialização de outros produtos. Normalmente, a sucata se apresenta em diversas formas, como, por exemplo, aparas, limalhas e pedaços, que podem ser tanto restos quanto desperdícios.

Além disso, também são considerados sucatas os bens e mercadorias que você pode ter em sua empresa e que já não exercem a função pela qual foram adquiridos, como equipamentos e máquinas. O valor encontrado nesses produtos está atrelado ao material contido neles e não na finalidade de utilização.

Então, se o seu produto ainda tem condições de ser utilizado para o propósito original, mesmo após reparos, ou pode ser transformado em outros produtos sem a necessidade de uma reconstrução, ele não é considerado sucata.

3 mitos e 3 verdades sobre leilão de sucatas

Vamos desmistificar algumas ideias sobre leilões de sucata que podem gerar receio no momento da venda.

1 – Sucata não dá dinheiro

Mito! 

Se você contar com um escritório de Leilões que possua profissionais qualificados e alternativas para que o leilão seja realizado além do presencial, como o on-line e simultâneo, a quantidade de interessados em arrematar sua sucata pode aumentar significativamente. Assim, o valor inicial dos lances aumenta também, até mesmo superando as suas expectativas.

Muitas pessoas podem não enxergar o valor em uma sucata, mas um bom escritório de leilões pode gerar mais visibilidade a esses bens, atraindo mais oportunidades para seus produtos junto a compradores interessados. Vale ressaltar que um bom escritório de leilões conta com  uma relação de compradores atualizada que pode impulsionar seus resultados. 

2 – Leilão de sucata contribui para a sustentabilidade ambiental

Verdade!

Os bens sucateados de uma empresa podem ser reciclados, o que é ótimo para reduzir o impacto ambiental que causaria caso fosse descartada na natureza. Além disso, a reciclagem utiliza bem menos recursos para a produção de um bem do que a realização do zero, com matéria-prima extraída da natureza.

3 – Qualquer um pode vender no leilão de sucatas

Verdade!

Qualquer empresa pode vender suas sucatas geradas em um leilão, não apenas empresas de grande porte e indústrias. Então, não existem motivos para manter estes bens inservíveis em sua empresa, já que esses possuem um alto potencial para geração de receita, desde sobras de materiais usados na fabricação de produtos até mesmo máquinas e equipamentos deteriorados.

4 – O leilão de sucatas não é uma forma segura de vender seus bens

Mito!

O leilão é um canal extremamente seguro para realizar a transação. Os escritórios de leilão que realizam edições on-line e presenciais normalmente são empresas sérias que seguem rigidamente todas as normas ambientais, quando necessárias.

Eles podem representar um ótimo canal entre você, que quer vender suas sucatas, e o comprador, que está em busca de reaproveitar peças ou reciclar. Eles encontram no leilão uma fonte constante de insumos para reciclagem, então esse é um indicativo de que sempre haverá comprador para sucatas.

5 – Sucata só pode ser leiloada presencialmente

Mito!

Quando falamos de sucata, pode vir à sua mente a imagem de um ferro velho com muito material empilhado e os leilões de sucatas sendo realizados presencialmente. Hoje em dia não é assim!

Claro que ainda existe o leilão presencial, mas você pode buscar por leilões virtuais e simultâneos (ou seja, virtuais e presenciais ao mesmo tempo) para vender seu material sucateado. Os melhores escritórios de leilão contam com essa opção.

6 – O seu material sucateado pode ganhar mais um ciclo de utilização na sociedade

Verdade!

Desmanches devidamente cadastrados, por exemplo, desmontam os veículos e vendem tudo o que está em bom estado e pode ser utilizado para o propósito original. Em seguida, enviam o que sobrou para a destruição e a reciclagem total.

Além disso, peças de máquinas e equipamentos deteriorados também ganham mais um ciclo de utilização na sociedade, contribuindo para a sustentabilidade ambiental.

Conclusão

Quando você opta por vender seus bens sucateados em leilões, garante que terá receita por materiais que estariam apenas ocupando espaço em sua empresa ou perdendo oportunidades de mercado.
Por isso, escolha sempre fechar negócios com escritórios de leilão que sejam reconhecidos, conceituados e que aliem tradição à expertise. Os melhores escritórios serão responsáveis por oferecer soluções diferenciadas, divulgar os lotes de forma adequada, transparente e oferecer o máximo de segurança para todos os envolvidos no processo.